O verdadeiro significado de doação

O verdadeiro significado de doação

Ela passa 4 horas por semana com pacientes no Hospital São João de Deus (HSJD), em Divinópolis, nunca sabe como estará a pessoa – falante, em coma, triste, alegre, tímida… Assim, pode ser que ela precise ficar o tempo quase todo em silêncio ou de ouvidos atentos para escutar o paciente. Às vezes aparece gente para visita, noutras não, a pessoa só tem voluntários ou funcionários de um asilo, por exemplo, com quem contar. E foi quando perguntei pra Valdomira como ela lidava com aquele diversidade de situações, na maioria das vezes delicadas, que descobri o real significado de doação.

Val me disse que vai com a expectativa de servir e não de receber. Se o paciente quer conversar ou ficar calado, é uma opção dele, que ela sempre respeita.  E Val também falou que não pensa que ele deveria estar mais falante, por exemplo, pois a intenção é não exigir nada em troca de quem a recebe.

É a prática verdadeira do fazer o bem sem olhar a quem. Ela vai para o quarto sem saber quem e como é a pessoa e algumas vezes também vai embora sem saber detalhes da história de vida, por vezes nem qual a causa de ela estar internada ela fica sabendo. Foi assim quando a acompanhei. O paciente estava em coma induzido, ninguém apareceu para visitas, mas enquanto ela estava lá, a acompanhante, do asilo, foi descansar um pouco e Val cuidou de tudo que era preciso. Nada soube, além do nome do homem.

Hospital é dos lugares mais difíceis de estar, e, por isso,  gente igual à Val é tão necessária. É preciso não se espantar, o que é diferente de não se  sensibilizar, diante do que todo mundo está sujeito – morte e doenças. E ter as mãos e coração bem abertos, para se doar de verdade.

Demora um tempo para algumas definições ficarem claras. Para certas questões e palavras, a reticência ou inúmeros significados cabem melhor. Mas ao me encontrar com a Valdomira, descobri o verdadeiro significado de doação. Eu já tinha uma noção, mas não teve dicionário que desse conta da palavra e gesto quanto a Val.

Serviço: 
Há outras 12 maneiras de ser voluntário no São João, desde trabalho com artes, brincadeiras com crianças internadas até servir café.  Os interessados devem procurar a Pastoral de Humanização e Voluntariado na unidade ou  mandar e-mail para phv@hsjd.com.br ou ligar para 3229-7562/3229-7767.

Written by Talita Camargos View all posts by this author →

Talita Camargos é jornalista e flerta com a literatura, procura inspiração em conversas de ônibus, flores, familiares e amigos. Idealizou o Texto do Dia e publicou nos 365 dias de 2015 neste blog como desafio pessoal.

Oi, o que achou do texto de hoje?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *