O melhor clichê do mundo

O melhor clichê do mundo

Suspeito que quando os deuses da paixão criaram o “Eu te amo”, pensaram – vamos resumir em três palavras para os que são ruins com as letras e para os tímidos conseguirem dizer tudo que precisam para seus pares, rapidamente e sem nada dever para os poetas. Depois, é só completarem com as ações que confirmarão o que disseram.

O amante pode passar noites e noites pensando nas palavras mais criativas, mas um “eu te amo” é certeiro e não há declaração de amor completa sem este clichê que todo apaixonado quer escutar. É difícil dizer, principalmente se é sincero e ainda não se ouviu do outro. Talvez por isso encontre-se um cem número de palavras para colocar no lugar, porém as 3 têm mais força. Juntas, valem por infinitas mensagens românticas açucaradas e é um dos únicos discos que não se pede para mudar. Nem se quer, não soa como disco arranhado, música chiclete, mas uma canção que nunca sai de moda, como uma balada dos Beatles.

“Eu te amo” é expressão rara e ainda assim clichê. São palavras que dão um nó na garganta e por vezes no cérebro de quem ouve porque é clichê suspeito. Pois, apesar de complicado para ser falado, para quem sente, pode ser usado para se conseguir tudo que ele é capaz, por quem só quer enganar.

“Eu te amo” é expressão para os amantes corajosos, os que dão a cara a tapa, deixam a alma nua, sem medo de sofrer, sem medo de que a resposta tenha bem mais palavras que a repetição deste clichê, uma das únicas respostas aceitas, já que dizer “Eu te amo” é quase como perguntar se os amores se correspondem:

– Eu te amo

– Eu também te amo

Basta, não é preciso dizer mais nada para confirmar um amor.

Written by Talita Camargos View all posts by this author →

Talita Camargos é jornalista e flerta com a literatura, procura inspiração em conversas de ônibus, flores, familiares e amigos. Idealizou o Texto do Dia e publicou nos 365 dias de 2015 neste blog como desafio pessoal.

Oi, o que achou do texto de hoje?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *