Coisas da Vida

Quando a calma é demais

Quando a calma é demais

O normal é que as pessoas cheguem a um ponto que se convençam da necessidade de se acalmarem. Comigo aconteceu exatamente o contrário. É a calma que passa, ou passava. Preciso…Leia Mais
O dia do revide

O dia do revide

Liguei uma, duas, três vezes, ele não atende ao telefone, o de casa e o celular. Todos os meus chamados ficaram sem respostas. Eu não deveria me preocupar, já é um…Leia Mais
Uma mãe não morre

Uma mãe não morre

Hoje a tristeza tomou conta da tarde e invadiu a noite, vai varar a madrugada. A mãe de um amigo, desconhecida, partiu. Apesar da ausência de contato, parecia que era alguém…Leia Mais
Fala que eu te escuto, ou não

Fala que eu te escuto, ou não

Desconfio que chegará o dia no qual teremos que reaprender a conversar e escutar, como bem faziam nossos antepassados. Cogito até a possibilidade de serem habilidades ensinadas em cursos, presenciais, desses fora…Leia Mais
Encontro e perdição

Encontro e perdição

Vivo entre achados e perdidos na internet: uma contradição. Afinal, na web se acha de tudo, como fazer isto ou aquilo; mensagens para todas as ocasiões, quase todas as respostas;…Leia Mais
E as novidades?

E as novidades?

Agridoce é o sabor do novo. Não faz muito tempo que descobri, há poucos anos as novidades sempre me pareciam açucaradas. Eu ignorava o sabor das ingratas surpresas e o…Leia Mais
Um ano que não acabou

Um ano que não acabou

Até 2012 eu não tinha  ideia de que a virada de um ano não é suficiente para colocar fim em um ciclo, que 12 meses podem durar décadas ou acabarem em…Leia Mais