Assessoria de Encrenca

Assessoria de Encrenca

Assessoria de Encrenca, escrito por Gilda Mattoso, é um bom livro para quem ama música popular brasileira, assessoria de imprensa ou é um curioso sobre esses assuntos. A autora foi a nona e última mulher de Vinícius de Morais, além de assessora dos maiores nomes da MPB – Chico Buarque, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Djavan e muitos outros. Poliglota e muito competente, Gilda era o nome ideal para acompanhar tantos artistas principalmente no exterior. Acho que talvez por isso a maior parte dos relatos têm como cenário França, Inglaterra, Portugal, Japão…

Quem abre o livro se depara com casos divertidíssimos. Fazer a leitura de “Assessoria de Encrenca” também é ter a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre música, os lugares onde Gilda esteve, cultura geral e os desafios de assessorar os gigantes. Um parêntese – a escritora também conta sobre uma época que ela precisou trabalhar com artistas de gosto duvidoso, mas que rendiam cifras interessantes à gravadora, justificativa oficial do responsável pelas contratações, inclusive.

Em alguns momentos do livro eu, como leitura, achei um pouco cansativo. Penso que é por causa da seleção de algumas histórias que não gostei muito ou que poderiam ser contadas de forma diferente, mais interessante, porém a maior parte é legal.

Os últimos causos, vale dizer, são histórias da família e amigos da Gilda. Estranhei um pouco, porém quando ela começou a falar como os parentes a enxergavam profissionalmente e das cortesias que pediam para ver os shows, por exemplo, entendi por que o capítulo estava ali. Eu retiraria algumas que nada têm a ver com o restante da obra para ficar mais coerente, apenas. No entanto, são só detalhes que não fazem da obra ruim.

Principalmente jornalistas ou relações públicas que sonham em assessorar grandes nomes, e amantes da MPB, vale muito ler, de preferência ao som das vozes citadas no livro.

Written by Talita Camargos View all posts by this author →

Talita Camargos é jornalista e flerta com a literatura, procura inspiração em conversas de ônibus, flores, familiares e amigos. Idealizou o Texto do Dia e publicou nos 365 dias de 2015 neste blog como desafio pessoal.

Oi, o que achou do texto de hoje?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *